segunda-feira, 24 de março de 2008

Os Malabaristas da Vida - um estudo antropológico da vida boemia

"Caro Fídias Teles:
Estou lendo o seu 'Rachaduras da Alma'... e tive a oportunidade de rever e de consultar os seus outros livros (possuo cinco, ao todo,... páginas maciças de rigorosa antropologia social, entremeadas de poesia e de indagações filo-metafísicas) e de incluir o seu inquietante 'Os Malabaristas da Vida' na biografia que estou a escrever. O seu estudo antropológico da boemia é uma obra qu já nasceu clássica, livro-ferramenta de consulta indispensável àqueles que se dedicam aos vampiros de mesa de bar, no bordel da noite. Reputo como uma das obras mais importantes escrita, de maneira não academicista, sem os pruridos puristas dos eruditos de gabinete, mas com uma visão dialética da vida, magistralmente bem escrita, com brilho literário e artístico. É o que eu penso, e faço dela leitura de cabeceira. É a poesia da noite captada por um boêmio que sabe ler os códigos secretos nos botequins da vida. Também é uma obra de protesto social e de alta denúncia humana. Não 'entrega' os bêbedos mas busca compreendê-los por dentro, em sua pura essencialidade humana. É um livro que se inventa literariamente enquanto analisa cientificamentee o seu objeto, isso de maneira sóbria e objetiva, e é tão curioso o sóbrio observando o ébrio, mistura dialética exploisiva, que embriaga os próprios leitores: pileque intelectual.'


(Crítica de Marcos Farias Cosa sobre o livro Os Malabaristas da Vida, de Fídias Teles)

______________

Acreditem se quiser, mas esta é a resenha do livro que estou lendo no momento. Sempre gostei de antropologia e este é uma raridade no gênero.

2 comentários:

Gabriela Vasconcelos disse...

Olá.
Não, aquele não é o site onde eu fiz o banner. Aliás, nem fui em quem fiz. O banner é do próprio site. É um projeto da banda, entendeu?
Abraços.

Anônimo disse...

Olá,
estou procurando um exemplar de "Os Malabaristas da Vida: um estudo antropológico da boemia.", para minha tese...vc pode ajudar.

obrigada,
Mariana