sábado, 18 de agosto de 2007

Camões baby

Fracasso.
O 11º Concurso de Declamação ontem à noite contou com uma participação horrível: A MINHA!
Mas não estou triste por isso, na verdade, estou aliviado, meio que realizado.
Foi uma experiência e tanto!
Esqueci todo o poema. Os jurados sabiam que seria uma grande prova, pois eu iria declamar sete páginas, eu iria declamar Castro Alves, eu iria declamar Navio Negreiro. Por mais que muitas pessoas em meu processo de decoro dissessem que eu fui tolo ao escolher este poema, elas não sabiam que este era um desafio pessoal, e por isso, não discutia e a conversa parava por ali.
Depois de eu ter declamado, fui correndo para o banheiro. E por mais inacreditável que pareça, eu estava com uma vontade tamanha de gargalhar, pois eu havia descoberto um lugar que não era para mim! Foi estranho... mas foi legal.

Eu fui analisado por jurados de alto escalão (exclui-se a mulher do ex-prefeito... ¬¬). Tinha um homem que me viu preparar-me no banheiro, com todo aquele carvão. O cara era tão simples (mesmo usando terno) que passou despercebido. Aquele homem chamava-se Fídias Talhara. Já escreveu oito livros e é fundador de algumas organizações espalhadas pelo Brasil de Letras e Literatura. Foi ele quem me entregou o troféu de terceiro lugar, mas junto com o troféu, vieram estas palavras: "Eu torcia por você, meu jovem... mas pressinto que você vai longe, muito longe! Parabéns!"
Fui analisado também, por Pedro Marodin. Ele, sim, é um poeta!! Foi encantador.

Depois disso tudo, aprendi uma coisa: Eu ainda não vivi o tanto que tenho para viver!!!







Meus agradecimentos à Mione e à Camila, que lá estiveram presente, assistindo à minha queda, sendo derrotado por Castro Alves; obrigado!!

Um comentário:

Mila disse...

Eu fico muito, muito feliz por saber que eu tenho amigos que me ajudam. Com certeza Jorge você é um! Sobre ontem, não foi uma queda, se fosse você teria ficado em último, e isso não aconteceu. Qaundo eu e a Mione vimos quem estava te entregando o troféu, nos ficamos com inveja hahaha.
Beijos